sábado, 31 de janeiro de 2009

Como Seu Corpo Reage aos Refrigerantes?

Com certeza um dia todo montanhista ou aventureiro no inicio das suas atividades já se fez a seguinte pergunta. “O que devo levar em uma caminhada, acampamento etc?”
Garanto que todos chegaram de modo geral a uma opinião comum, devo levar frutas, cereais, sanduíche, granola, água, suco...etc.
Em alguns acampamentos e caminhadas que estive fazendo tive a oportunidade de presenciar algumas pessoas utilizando de alimentos que não são nada aconselhados levar para uma atividade fisica no caso uma caminhada forte.
Primeiro vamos levantar algumas necessidades para o nosso corpo.
Um dos principais produtos que o corpo precisa para que funcione bem em uma caminhada é:
Açúcar que é uma excelente fonte de energia. (não é açúcar industrializado é a “sacarose” enzima encontrada em quase todas a frutas e muitos outros alimento)
Cálcio, Potássio, Sais Minerais, como um todo.
Líquido muito liquido.
Ai é que esta o problema! Um montanhista precisa de primeiramente praticidade coisas praticas que possam ser transportadas e adquiridas de forma rápida e fácil.
Em uma determinada caminhada presenciei algumas pessoas consumindo “REFRIGERANTE” quando eu vi me assustei.
Vou mostrar para vocês o que o corpo precisa fazer para conseguir metabolizar o refrigerante; Isso em um dia comum em um almoço de final de semana, agora transfira isso para um esforço de uma caminhada longa !

Acompanhe:



Primeiros 10 minutos: 10 colheres-de-chá de açúcar batem no seu corpo, o que significa: 100% do recomendado diariamente. Você não vomita imediatamente pelo doce extremo porque o ácido fosfórico corta o gosto.
Passados 20 minutos: o nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina. O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura. (É muito para esse momento em particular.)
Passados 40 minutos: a absorção de cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.
Passados 45 minutos: o corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo. (Fisicamente, funciona como a heroína.)
Passados 50 minutos: o ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina.
Passados 60 minutos: as propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina. Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco, dos quais seus ossos precisariam. Conforme a onda abaixa, você sofrerá um choque de açúcar. Ficará irritadiço. Você já terá posto para fora tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas que farão falta ao seu organismo.

Pense nisso antes de beber refrigerantes. Prefira sucos naturais. Seu corpo agradece!

Texto de Luciano Ribeiro
Fonte http://www.vocesabia.net/

0 comentários:

 
©2008 'Aventura na Veia' Por Luciano Ribeiro