domingo, 25 de janeiro de 2009

Conheça algumas técnicas de fazer fogo.

Para todas as pessoas que praticam o montanhismo tanto como esporte ou como hobby sabe da importância de ter alguma fonte de calor em um acampamento, seja para produzir alimento, para tratar água com processo de fervura, para se afugentar do frio, enfim
são inúmeras as necessidades de se ter uma fogueira desde que seja com prudência viu pessoal.
OBS. Vale apena lembrar que a maioria dos parques não permite sobre hipótese alguma o acendimento de fogueiras, por isso nunca substitua o seu fogareiro de gás por uma fogueira.
Infelizmente um aventureiro esta sujeito a inúmeros fatores sejam eles naturais como: ventos, chuva, frio, neve ou fatores casuais como a perda de equipamentos vitais para montar sua fogueira, esquecimentos, defeitos de equipamentos dentre outros.
Então estamos a 2000 m de altitude no meio de um acampamento e nos damos conta que esquecemos o fósforo, a pederneira seja o que for. E agora? O que Fazer? Ela a mãe natureza pode lhe ajudar e muito.
Acompanhe agora algumas maneiras de fazer fogo sem utilizar nenhuma fonte de combustível ou tipo de material inflamável que seja industrializado.
Estes métodos foram todos testados por mim com produtos que encontrei no mato e posso afirmar que todos que estão aqui sendo apresentados funcionam mesmo não é brincadeira.
Uma dica:
Existem algumas formas dentre estas mostradas logo abaixo que são mais rápidas e menos cansativas de se fazer fogo e outras mais praticas um conselho experimente todas as que você achar mais viável pratique bastante para não ter duvidas que funcione na hora do nervosismo.

Técnica da garrafa e água.



Caso você esteja em um lugar em campo aberto e tenha com você uma garrafa pet com água veja como é simples fazer fogo, nunca é demais lembrar que esta técnica nunca pode ser tomada como única alternativa de fazer fogo já que depende diretamente de fatores naturas para poder colocarla em pratica, no caso o SOL.

Tecnica do arco.



Esta técnica de todas para mim foi a mais fácil e rápida desde que não tenha nenhum raio de sol, vale apena tentar.

Técnica da aste.



Esta é a mais conhecida porem precisa ter um pouco de percistencia ela demora um pouco mais, mais é extremamente funcional.

Técnica do pistão.



Esta é a mais rápida de todas mais se torna inviavel deviduo a perda de tempo para que seja montado todo o equipamento, um outro agravante são as pedras se elas não estiverem muito bem amarradas ela se soltam com facilidade.


Vale a pena lembrar mais uma vez, estas técnicas permitem a você construir deste uma pequena fogueira até um grande incêndio de enormes proporções, então a prudência e o bom senso precisão acima de tudo ser levando em consideração.

2 comentários:

Vanderlei disse...

GOstei muito e aprendi a mevirar quando estiver na mata, valeu e queria agradecer a vocês por transmitir essa conhecimento pra que outras pessoas poassam ver e aprender.

Caffenol Carioca disse...

Excelente matéria. Muito legal ver pessoas se dedicando a isto. abs

 
©2008 'Aventura na Veia' Por Luciano Ribeiro