terça-feira, 1 de maio de 2012

Uma dica ótima para uma emergência, aprenda a fazer um fogareiro com latas de refrigerante.

FOGAREIRO A ÁLCOOL

Construa em casa um fogareiro a álcool utilizando latas de refrigerante ou de cerveja. O interessante deste projeto é que ele pode ser feito mesmo durante uma viagem se, por exemplo, seu fogareiro oficial quebrou. 

Neste caso se trata de uma solução que eu diria, estilo MacGyver, (rsrs) quando falamos de MacGyver podemos desconfiar de tudo que ele fazia, truques de cinema? eu diria que sim. Mais neste caso, este fogareiro eu posso garantir funciona mesmo eu fiz o teste e inclusive já fui acampar com um deles e fiquei surpreso com a sua eficiência, com uma autonomia de aproximadamente 30 a 35 minutos de chama muito boa, o suficiente para fazer um bom cafe e o tradicional macarrão instantâneo.

Veja agora o processo passo a passo como montar o seu.

Ferramentas

- tesoura
- martelo
- faca pequena de ponta afiada
- alicate pequeno
- prego pequeno com ponta afiada
- pedaço de lixa
- régua – ou fita métrica
- compasso, ou moeda 10 centavos (p/ riscar um circulo).


Material Utilizado
3 latas de alumínio


1- Iniciar fazendo os furos no fundo da lata, distante 0,5 cm um do outro. 




2 - Colocar a moeda no fundo da lata e riscar um circulo.


3 - Furar o centro.


4 - Com a faquinha cortar em cruz o círculo à partir do furo. 


5 - Recortar à partir da base, para formar uma abertura quase circular, e uma boa grade para prender o tubo central.


6 - Riscar a lata com 5,5 cm medindo do topo acima dos furos.


7 - Cortar bem alinhado.










8 - Fazer dois cortes até a borda mais dura, tirando um filete obliquo pequeno.







9 - Corte para facilitar o encaixe










10 - Bater com o cabo da tesoura na quina para um encaixe perfeito do fundo.








11 - Corte uma lâmina de 4,5 cm do que sobrou da primeira lata.









12 - Faça um tubo na medida do orifício da primeira peça e que encaixe bem nas garras,







13 - Para prender o tubo use fitas finas retiradas da lata, ou arame fino e macio. Faça quatro furos triangulares pequenos dispostos em cruz (este tubo é o segredo do bom funcionamento do fogareiro, capriche).




14 - Encaixe o tubo com a parte lisa na grade, e com a parte furada para receber o fundo da lata








15 - Corte outra lata com 6,5 cm medindo da parte alta do fundo.









16 - encaixe as duas partes com cuidado








17 - Pressione até o tubo ficar firme e bem assentado no fundo.










18 - Corte o excesso da lata com a tesoura.









19 - Dê acabamento com a lixa e está pronto seu fogareiro. 








20 - Faça o abafador (que serve para apagar o fogo) cortando o fundo de uma lata e deixando uma parte para dobrar e servir de cabo.








Use álcool automotivo, é o que tenho usado sempre é bom e barato, para abastecer o fogareiro o nível máximo é pouco acima do meio do tubo, dá para cozinhar mais ou menos 30 a 35 minutos.


Para acender o seu fogareiro basta acrescentar o álcool no furo central do fogareiro pouco acima do meio e depois acenda o álcool que aparece no buraco, apos 3 ou 4 minutos o combustível começa a evaporar  e sair pelos furos mantendo este ciclo até a evaporação completa.


Tenha cuidado de proteger o fogareiro ao guardá-lo nos alforjes para não amassá-lo.
Uma informação importante: depois de aceso demora 3 ou 4 minutos para o fogo sair pelos orifícios, daí em diante a chama fica azul e forte. Use protegido do vento para um ótimo aproveitamento. Nos meus acampamentos cozinho arroz em 15 minutos, café em 12 minutos. Etc....


Espero ter colaborado com todos que amam o contato com a natureza e a colaboração entre as pessoas.
Obs. Nunca esqueça que está lidando com produto altamente inflamável, pratique toda prevenção no manuseio do mesmo.

Fonte: Paulo Toschi Netto
Luciano Ribeiro






2 comentários:

Unaracê Magrégor disse...

Eu não entendi a função do "passo 10"... qual é a função dele?

Luciano Ribeiro disse...

Este passo 10 digamos que seria meio dispensável ele ira ajudar a encaixar as partes da lata uma dentro da outra como no passo 16 3 17 garantindo assim um encaixe sem rebarbas com uma acabamento melhor.

 
©2008 'Aventura na Veia' Por Luciano Ribeiro